O que acontece se um funcionario nao bater o ponto ou esquecer de bater o ponto

Ao entrar no trabalho trabalho e registrar o ponto é parte da rotina dos colaboradores dentro de muitas empresas.


No entanto, essa obrigação que parece tão simples costuma gerar uma série de dúvidas tanto para colaborador esqueceu de bater o ponto , quanto para empregadores.

Pontos registrados irregulares ou mesmo a falta de registro no relógio de ponto podem gerar questionamentos e até eventuais problemas na Justiça.

Para esclarecer duvidas e evitar problemas elaboramos este artigo que serve para orientar o empregador quando o colaborador deixar de bater o ponto, entre outras situações.

Generic placeholder image

Comprovante do registro de ponto do funcionario que sai do relógio de ponto

Sobre o relógio de ponto

Quando se registra a marcação sai um comprovante do colaborador no relógio de ponto homologado pelo ministério do trabalho relógio control id.

Se o colaborador esqueceu, ou não bateu o ponto e o empregador, não tomar nenhuma atitude , estará correndo alguns riscos.

Os principais envolvem o pagamento de multas, afinal a marcação de ponto é um dos critérios avaliados durante uma fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego.

Outro risco é a incapacidade de provar que esteja correto em ações trabalhistas, afinal o comprovante de ponto serve como prova.

E tem mais é um dos poucos motivos de ganhos de ações trabalhistas onde o empregador consegue provar e ganhar a causa pois todo registro do relógio de ponto nele contido fica armazenado desde a primeira marcação.

Valendo de prova em uma audiência por ser homologado pelo ministério do trabalho

Para que fique tudo certo essas marcações são registradas no software do ponto e impressa valendo como prova como consta na portaria 1510 do ministério do trabalho